Dívidas

Use o 13º salário para quitar dívidas e tenha um Natal feliz


Vamos voltar no tempo e lembrar quando você era criança. Como você se sentiria se não ganhasse presente de Natal? Muito triste né?

Avançando no tempo: como seria se neste Natal, você não conseguisse presentear sua família ou seus amigos queridos por estar com o “nome sujo” ou negativado?

A dica de hoje é muito importante: se você está endividado, use o pagamento da primeira parcela do 13º salário, limpe seu nome e aí você poderá fazer as compras de Natal sem dor de cabeça.

Vou te contar duas histórias. Depois de ler, você vai entender como vale a pena usar o 13º de forma responsável.

O 13º salário e as compras de Natal do José

Era novembro e José estava feliz: a primeira parcela do 13 º salário, que é pago nesse período, estava praticamente no bolso. Mas não reparou no perigo.

Para José, dinheiro no bolso é vendaval! Ainda mais nas festas de fim de ano. Ah, o Natal! Sempre gostou dessa época, mas quando era criança seus pais nunca tiveram condições para lhe dar os presentes que queria.

Fazia 9 meses que estava no novo emprego. Não ganhava muito, pelo contrário. Mas sabia também, conforme o contrato de trabalho, que tinha direito ao pagamento do 13º salário proporcional. E isso foi o suficiente para gastar com tudo o que sempre quis.

Com a grana no bolso, José foi às compras. Sim, comprou um celular bacana, com uma câmera melhor, mais memória, comando por voz, tudo que tem direito. Dá até para assistir TV. Já fazer ligações, não era tão importante.

Quando chegou na loja, teve um pequeno problema. A grana do décimo terceiro salário que recebeu era menor do que o valor do celular. E nem com o valor que receberia da segunda parcela, conseguiria pagar tudo. Sem contar outras dívidas que tinha também.

Resolveu parcelar. As prestações eram um pouco salgadas, mas se apertasse, conseguiria pagar.

Sem pensar, José usou toda a primeira parcela de entrada e financiou o restante. Saiu da loja feliz da vida. Isso foi no Natal do ano passado. Sabe o que aconteceu?

José pagou somente 3 parcelas de 12. Hoje tem o celular dos seus sonhos e de quebra ganhou um problemão: está endividado e com o nome negativado.

O Natal deste ano do José vai ser apertado. Cheio de dívidas, não tem a menor vontade de participar das festas. Não dorme direito pensando nas prestações em atraso. E o pior: não sabe como vai fazer as compras este ano.

Maria e o 13º salário: essa sabe usar

Maria faz aniversário em julho e no ano passado resolveu se presentear: comprou uma nova televisão. Como não tinha dinheiro para pagar à vista, resolveu parcelar.

Estava indo tudo bem, pagando as parcelas direitinho. Mas no final do ano, perdeu o trabalho e não conseguiu mais pagar. Faltavam 7 ainda. Ficou com o nome sujo.

Em setembro deste ano, voltou a trabalhar e esta semana recebeu a antecipação da 1ª parcela do 13º salário. O que ela fez? Voltou a pagar as parcelas, limpou seu nome e vai fazer compras neste Natal sem nenhum problema. Se precisar, poderá até parcelar.

O bom, é que ainda vai sobrar um pouco para comprar algo para a mãe. Ela faz parte do grupo de aposentados e pensionistas que como todos os trabalhadores com carteira assinada, também recebem 13º salário.

E tudo isso só foi possível, porque tomou a melhor decisão de sua vida. Usou o 13º para quitar suas dívidas. Agora, neste ano, terá um Natal feliz.

Que tipo de Natal você quer ter?

Depois de ler essas duas histórias, consegue perceber a diferença entre o Natal do José e o da Maria? Você prefere agir por impulso e ter um fim de ano complicado ou planejar e passar um Natal feliz?

Com um pouco de organização, disciplina e força de vontade, dá para colocar e manter a vida financeira em ordem.

Use seu 13º de maneira consciente

Sei que a vontade ao receber o 13º salário é sair comprando, acabar uma reforma, presentear todo mundo. Ou quem sabe trocar aquela TV ou micro-ondas que já estão pedindo para se aposentar.

Mas é importante parar e pensar antes de sair gastando. Será que você precisa mesmo daquilo? Não seria melhor investir esse valor? Mais do que isso, se você tem alguma dívida em aberto, use o 13º para se livrar dela.

Pensa comigo. Do que adianta comprar ou dar presentes de Natal, como o João, se tem contas atrasadas? E também não vale a pena guardar ou investir se tem dívidas correndo juros e multas. Nenhuma aplicação financeira supera isso.

Você pode quitar uma série de dívidas com este dinheiro:

  • Conta de luz;
  • Conta de gás;
  • Conta de água;
  • Parcelas em atraso (móveis, eletrodomésticos, etc.);
  • Empréstimos e financiamentos.

Seja lá o que for, é bem mais interessante se livrar da dívida, esteja ela em atraso ou não. Pense em como isso vai fazer seu Natal mais tranquilo, como o da Maria. Começará o próximo ano zerado e feliz. Isso sem contar que ainda tem a segunda parcela, que faz parte do cálculo do 13º, que é paga em 20 de dezembro.

Estar endividado abala muito o emocional e pode refletir na saúde. Traz problemas como a falta de sono, ansiedade, agitação, taquicardia, aumento da pressão e dores pelo corpo. Ter dívidas mexe com a auto-estima, pode causar muita tristeza, até mesmo depressão.

Para entender um pouco mais e saber como uma vida financeira organizada faz bem à saúde, leia nosso artigo “Vida financeira e saúde. Qual a relação?” (opens new window)

Por isso, quando chegar seu 13º salário, antes de sair gastando, pense em quitar dívidas. Será o melhor presente de Natal.

Quer um jeito rápido, fácil e seguro para fazer isso? Na QueroQuitar (opens new window), quitar dívidas é muito simples.

Em poucos cliques você localiza os débitos e escolhe como pagar. Sem ligações insistentes de cobrança, você tem o controle. Clique aqui (opens new window) e veja como fazer. A consulta é gratuita.

E se quiser falar comigo, é só mandar um e-mail para: euquito@queroquitar.com.br. Estou sempre disponível para conversar e tirar suas dúvidas.

Um abraço, até semana que vem.

Euquito.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Logo QueroQuitar laranja vertical

A QueroQuitar é a plataforma de negociação criada para facilitar a sua vida.

Consulte grátis!

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP