Dívidas

Renegociação de dívidas: saiba tudo sobre o assunto


Tudo pode ter começado com um simples atraso no cartão de crédito. Quando se deu conta, estava pagando o mínimo do rotativo com juros que triplicou o valor devido. Não sabe exatamente quando, mas em algum momento, você perdeu o controle da dívida.

E o que era só uma compra, virou uma bola de neve.

Foi quando teve a ideia de pegar um empréstimo para resolver a situação. Só que mais uma vez , perdeu o controle. Agora, ao invés de uma, tem duas dívidas. Todas com juros altos.

O que fazer? E se forem ainda mais que duas? Como fazer a renegociação de dívidas nesse caso?

Renegociar dívidas é uma das opções para quem deseja sair do endividamento. Descubra quais os benefícios de renegociar dívidas e como retomar o controle financeiro de sua vida.

Como fazer uma renegociação de dívidas?

Calculando dividas

Renegociar dívidas pode parecer algo complicado, mas é mais simples do que imagina. Basta um pouco de organização e disciplina. O melhor a fazer é entender quais e que tipos de dívida tem e qual sua atual situação.

Feito isso, existem algumas opções que facilitam como fazer uma renegociação de dívidas:

  • Negociar direto com o credor;
  • Participar de feirões de renegociação;
  • Refinanciar as dívidas;
  • Fazer a portabilidade da dívida, de uma instituição para outra.

Depois de saber quais são suas opções, passe para a fase da organização. Veja esse passo a passo:

Faça uma lista

Ao listar suas dívidas, seja em um caderno ou em uma planilha, saber tudo que deve, ajuda a descobrir o quanto deve e para quem. Isso irá te orientar a decidir o que é mais urgente e importante na hora de começar a pagar os credores.

Separe tudo o que você deve em empréstimo, financiamento, cartões de crédito, cheque especial, carnês e boletos. Assim entenderá mais fácil para quem deve.

Planilha financeira

Como foi dito, não importa onde, mas faça uma tabela ou planilha contendo tudo que entra de dinheiro e tudo que gasta durante o mês.

Para te ajudar nessa etapa, no QueroRenda temos algumas ferramentas de apoio que ajudam na organização. Clique aqui (opens new window) e dê uma olhada.

Corte o menos importante

Depois de listar todos os gastos do mês, veja aqueles que são necessidades básicas ou que não pode deixar de ter, como: luz, água, gás, telefone, internet. O que perceber que são gastos que dá para cortar ou economizar, como: assinatura de TV a cabo, Netflix e outros, corte ou tente reduzir os valores.

Renda extra

Procure alternativas para complementar o seu orçamento. Existem inúmeras opções: fazer bolos, doces, salgados e comidas para vender; dar aulas particulares; revenda de produtos; consultorias em algo que é um especialista; vender artigos e roupas usadas; motorista de aplicativo; passeador de cães; etc.

Se precisar de ideias do que fazer, leia o artigo “Ganhar dinheiro em casa: 10 ideias para você começar (opens new window)”.

Como negociar dívidas sem pagar juros?

O normal de se conseguir na renegociação de dívidas são descontos. Muitas empresas trabalham com a opção de descontos e facilitam o pagamento de dívidas. Para quem cobra, é sempre melhor receber algo do que nada. E para quem paga, acaba ficando mais suave no orçamento.

Veja algumas opções para pagar dívidas com valores mais em conta:

Troque dívidas caras por dívidas baratas

Uma opção é trocar suas dívidas, por exemplo, por um empréstimo com garantia. Têm o empréstimo com garantia de imóvel e de veículo. Essas duas modalidades têm menores taxas de juros do que os empréstimos sem garantia.

Também existe o crédito consignado. Neste tipo de empréstimo, as parcelas do empréstimo são descontadas diretamente da folha de pagamento do colaborador. Como isso reduz os riscos de não pagamento, eles em sua maioria possuem juros mais em conta.

Negocie juros menores

Você pode fazer esse tipo de negociação direto com a empresa onde tem a dívida. Em sua maioria, esse tipo de renegociação de dívidas é bem aceito, contanto que fique justo para os dois lados. Também existe a possibilidade de aumentar o prazo de pagamento, o que garante que consiga pagar as parcelas de acordo com seu rendimento mensal.

Portabilidade

Mudar a dívida para outro banco é algo comum hoje em dia. Para fazer isso, pesquise as instituições bancárias que oferecem as melhores condições e entre em contato para saber como proceder com a portabilidade.

Vale lembrar que os bancos não podem se recusar a fazer a portabilidade. Também não existem tarifas para efetuar o procedimento. A única restrição é que não é possível aumentar o número ou o valor das parcelas restantes.

Negocie dívidas online

Outra maneira de fazer a renegociação de dívidas é a online. E nessa questão, você pode contar com a QueroQuitar (opens new window).

Temos uma plataforma 100% online para negociação de dívidas. Sem a intervenção de ninguém, de forma simples, rápida e segura. Dê adeus às ligações de cobrança. Escolha as condições e a melhor oferta que caiba no seu bolso.

Clique aqui (opens new window) e faça uma consulta grátis. Na QueroQuitar, quem comanda a negociação é você.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Logo QueroQuitar laranja vertical

A QueroQuitar é a plataforma de negociação criada para facilitar a sua vida.

Consulte grátis!

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP