Dívidas

Janeiro Branco: mantenha a saúde mental e a do seu bolso


Já ouviu falar da campanha Janeiro Branco?

Essa é uma campanha que existe desde 2014 e tem como objetivo chamar a atenção para questões ligadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas.

Existem campanhas para vários problemas de saúde física, como coração, câncer, entre outras. Mas nunca foi tão importante prestar atenção aos problemas mentais e psicológicos. Afinal, são eles que muitas vezes ajudam no surgimento das doenças físicas.

Veja alguns exemplos de problemas de saúde mental e emocional:

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Síndrome do pânico;
  • Síndrome da cabana;
  • Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT).

Lembrando que a depressão, se não levada a sério e tratada, pode provocar o suicídio.

Para ficar por dentro do assunto, leia o artigo “Qual a influência das dívidas na saúde (opens new window)”.

Que tal entender um pouco mais sobre o Janeiro Branco e como a saúde mental está ligada a sua saúde financeira? Vamos lá?

O que é o Janeiro Branco?

O Janeiro Branco é uma campanha que segue o mesmo estilo de outras como o Outubro Rosa e Novembro Azul. Só que esta fala de saúde mental.

Vale lembrar que saúde mental não é só estar livre de doenças psicológicas e mentais. De acordo com a Organização Mundial da Saúde - OMS, saúde mental é um estado de completo bem-estar físico, mental e social. O que isso quer dizer?

Que ter uma mente saudável é saber lidar com as exigências da vida. É equilibrar seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções. É estar bem consigo e com os outros e saber aceitar as imposições da vida.

Tudo isso é feito no Janeiro Branco por meio de campanhas e ações. Elas alertam sobre a importância de prestar atenção e olhar mais para os problemas que causam distúrbios mentais e psíquicos.

De onde vem o nome Janeiro Branco?

O nome vem de passar tudo a limpo, de recomeçar o ano, virar a página. E nada melhor do que o primeiro mês do ano para isso. É em janeiro que colocamos em prática tudo o que planejamos na virada de ano.

É nessa época que pensamos como melhorar nossas condições de vida. Repensamos nossos sentimentos e emoções. Ou seja, é a hora de colocar tudo a limpo e começar uma nova página. Como em uma “folha ou em uma tela em branco”.

O que você precisa saber sobre saúde mental e dívidas

Existem 3 tipos de endividamento. Um leva ao próximo, onde o endividado acaba cada vez mais enrolado.

O primeiro acontece quando a pessoa fica desempregada, sofre algum acidente, tem morte em família ou problema de saúde. É aquele acontecimento inesperado que acaba por virar a vida do avesso e atinge as finanças pessoais.

O segundo, são os endividados ativos. São aqueles que vivem comprando. Esse grupo de pessoas age por impulso e compra sem pensar. Nesse caso, a falta de planejamento leva a fazer parcelamentos, compras, estourar o cartão de crédito e limite da conta.

Estudos mostram que esse é o grupo mais atingido, pois usam as compras como compensação. Gastar é uma fuga de outros problemas.

Já o último grupo são dos superendividados. São pessoas que já estão afogadas em dívidas e pegam empréstimos para pagar seus débitos. O que se torna uma bola de neve.

Nessa altura, pessoas assim, estão sofrendo de insônia, mau humor, ansiedade e outros males. Esses por sua vez, começam a afetar a vida afetiva, social e profissional. O que leva a pessoa a procurar bebidas alcoólicas, remédios e drogas. Então vem os vícios e dependências.

É importante em momentos como esse, a busca por ajuda profissional. Por exemplo, um psicólogo que ajude a refletir sobre estas questões de compras impulsivas. Saber reconhecer suas emoções e sentimentos é um começo. Se conhecer é essencial para entender alguns comportamentos como o consumo sem controle.

Em seguida, exercícios de autocontrole servem para frear a vontade de comprar sem motivo. Em paralelo, organizar as finanças e planejar, dão uma visão real do quanto tem e do que se pode gastar. Se quiser saber mais como organizar melhor as finanças, leia o artigo “Finanças pessoais: 5 dicas para ajudar no orçamento familiar (opens new window)”.

Além dessas dicas, dependendo do caso, é preciso acompanhamento médico e uso de medicamentos. Por isso, sempre consulte um médico caso o descontrole afete sua vida diária e esteja causando sofrimento.

Como posso saber mais sobre o Janeiro Branco?

O Janeiro Branco promove palestras, oficinas, cursos, workshops, entrevistas, caminhadas, rodas de conversa em diversos lugares: ruas, praças, igrejas, empresas, residências, academias, shoppings, hospitais, prefeituras etc.

Em janeiro de 2022, por causa da pandemia do Covid-19, a Campanha é mais forte em espaços abertos e meios online. Para saber mais, acesse o site oficial do Janeiro Branco (opens new window).

Tem uma dúvida, sugestão? Quer falar comigo? Mande um email para euquito@queroquitar.com.br

Abraço forte!

Euquito.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Logo QueroQuitar laranja vertical

A QueroQuitar é a plataforma de negociação criada para facilitar a sua vida.

Consulte grátis!

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP