Organização

Você sabe qual a diferença entre endividado e inadimplente?


As duas situações são extremamente desagradáveis para quem está passando por uma fase difícil. Mas, apesar de estressantes, existe uma diferença entre uma situação e outra.

Você pode contrair dívidas e enquanto estiver pagando as parcelas você está apenas endividado. Caso você passe a não conseguir fazer os pagamentos em dia, for atrasando e as parcelas se acumulando, aí você passa a ser inadimplente.

Enquanto você estiver apenas endividado, seu crédito continua disponível nas instituições financeiras, pois o seu nome ainda não passou a constar nas listas de inadimplentes.

Mas, o melhor a fazer é não contrair mais dívidas pelo fato de com muita facilidade, elas se tornarem uma bola de neve, e aí sim você corre o risco de se tornar inadimplente.

Para evitar justamente essa situação da diferença entre endividado e inadimplente, veja o que é possível fazer.

Planeje as dívidas para evitar a diferença entre endividado e inadimplente

Se você tem o mau hábito de sair parcelando compras e fazendo empréstimos um atrás do outro para cobrir as dívidas e as despesas, o aconselhado é que reveja os seus hábitos, para não ficar encrencado de forma que será mais difícil de reverter.

Ao fazer compras e empréstimos, veja o quanto o total está comprometendo o seu salário. Se estiver acima de vinte por cento do seu ganho líquido, é melhor parar e esperar quitar algumas dívidas para depois contrair outras.

Na verdade, antes de contrair dívidas de compras parceladas e fazer empréstimos, desconte primeiro os itens básicos como aluguel, alimentação, transporte e saúde.

Do que restar, veja se há mesmo necessidade do item que pretende adquirir e se não seria melhor juntar o dinheiro e pagar à vista em vez de parcelar. O parcelamento leva a uma ilusão de que será fácil pagar, porque temos a tendência de pensar apenas no valor da parcela e não no total da compra.

E assim, fazemos várias compras e quando vamos ver o total de parcelas, já está bem alto e na maioria das vezes com um prazo longo de parcelamento.

O que acaba acontecendo, é que muito antes de acabarem as parcelas, já estamos achando que precisamos mais disto ou daquilo e fazemos novos parcelamentos. E vira uma bola de neve! É aí onde entra o risco de se tornar inadimplente.

O que fazer se você se tornou inadimplente?

A diferença entre endividado e inadimplente é um limite muito fácil de se passar. A melhor forma de evitar a inadimplência é se planejar e se controlar diante das tentações.

Você vai ver que na maioria das vezes, são coisas desnecessárias, impostas pelo mercado que pouco está preocupado se você vai ficar com restrição no nome ou não. O que eles querem é vender!

Pense muito antes de comprar algo apenas porque naquele momento aquilo lhe parece indispensável. Na maioria das vezes, nos arrependemos assim que chegamos em casa, abrimos o pacote e vemos que não havia necessidade nenhuma de adquirir aquele produto, se tornando mais uma bugiganga que vai ficar esquecida no fundo do armário.

Mas, se você já chegou ao ponto da inadimplência, o jeito agora é reservar o valor que precisa ser quitado, para reaver o crédito e levar o compromisso até o fim.

Isso vai exigir um novo planejamento, porque o valor da quitação vai passar a figurar na lista dos itens de necessidades básicas. Você vai precisar se empenhar para gastar o menos possível durante este período, cortando o supérfluo até que a situação volte ao normal.

Uma boa dica é substituir as saídas de fins de semana por filmes e livros que ajudem a se organizar financeiramente. Procure se conhecer melhor e veja se de repente não seria o caso de procurar ajuda profissional para o caso de compras por compulsão.

Outro ponto, é saber exatamente quais são suas dívidas. Coloque tudo no papel, em uma planilha, não importa onde. O importante é saber quanto deve, achar bons descontos para o pagamento, além de um prazo razoável.

Um bom jeito de fazer isso, é pela plataforma QueroQuitar (opens new window). Nela você encontra os melhores descontos oferecidos pelos parceiros e as melhores condições de pagamento. E agora estamos com o Feirão online QueroQuitar (opens new window), acesse e veja as ofertas!

Mantenha-se firme

banner acordo quero quitar

Em um mundo tão caótico é comum procurarmos compensação adquirindo bens materiais que na maioria das vezes são perfeitamente dispensáveis. Compre somente o que é realmente útil e necessário.

Mas, se a sua situação ficou difícil por causa apenas dos bens de consumo necessários, pode ser que você esteja adquirindo em locais mais caros e talvez seja o caso de mudar de estabelecimentos onde compra ou substituir por itens mais em conta, e lembre-se, parcele o menos possível. Leia o artigo “Lista de compras: como fazer uma para economizar no mercado? (opens new window)”, que irá te ajudar nessa questão.

Para tudo existe uma solução. Não desista e nem se entregue ao desespero.

Você vai conseguir.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP