Organização

Compras no atacado: será que compensa mais do que no supermercado


Saber se compensa fazer compras no atacado, em sua grande maioria, sempre vai depender de quantas pessoas vivem na mesma casa e dividem refeições.

Caso sua família seja de mais de quatro pessoas e todos fazem as refeições como almoço e jantar em casa, praticamente todos os dias, esta é uma prática que compensa.

Para entender melhor, leia o artigo que preparamos sobre o assunto.

O que são os atacarejos?

enter image description here

Este é um termo bem comum hoje, pois sua prática também aumentou. Os atacarejos são mercados que vendem em quantidades maiores, mas que aceitam clientes do varejo, ou seja, consumidores que compram para consumo próprio, e não para revender.

É possível comprar todos os itens no atacado?

Não. Em geral no atacado você vai encontrar produtos não perecíveis como arroz, feijão, farinha, açúcar, café, óleo, leite e produtos de higiene e limpeza.

Em sua maioria, você vai continuar a usar o açougue e a feira para comprar a carne, legumes, verduras e frutas, e o mercado comum para itens como iogurtes e margarinas, fora a padaria para comprar o pão nosso de cada dia.

É vantajoso comprar no atacado?

banner acordo quero quitar

Nem sempre comprar no atacado vai ser vantajoso. Antes de qualquer coisa, é preciso saber se o preço unitário do item e, também, a quantidade a ser comprada é adequada ao ritmo de consumo.

A quantidade deve ser proporcional ao consumo, o que significa que o atacado é mais para famílias grandes, acima de quatro pessoas. Com mais refeições feitas em casa, itens como arroz, feijão, farinha, açúcar e não perecíveis podem sair mais em conta.

Mesmo assim, o consumidor precisa estar atento.

É preciso comparar sempre, porque os preços podem não ser vantajosos em todos os itens. O consumidor que deseja preços bons precisa se desdobrar. Deixar de comparar os preços, em médio prazo, é ruim para todos os consumidores.

É justamente o ato de deixar de comprar em um mercado que regula os preços e obriga as redes a fazerem promoções. Também é preciso levar em conta o gasto com deslocamento, combustível, táxi ou o preço da entrega das compras na residência.

É importante também analisar se você tem onde armazenar a grande quantidade de produtos que você irá comprar. Você pensou onde vai guardar o fardo de detergente que comprou? E aqueles 5 litros de amaciante? E os 12 sabonetes? E os 5 pacotes de arroz?

Verificar se há um local em boas condições para armazenar as suas compras é fundamental, pois esses itens dificilmente serão usados rapidamente.

Além disso, uma dica muito importante é planejar as suas compras. Faça uma lista e veja o que você ainda tem em casa, desta forma você evita desperdício tanto de dinheiro quanto de produtos.

Como economizar na hora das compras?

  • Defina limite: determine um valor máximo para gastar na compra. Cuidado para que não seja a promoção a determinar o que você vai comprar, mas sim a sua necessidade.

  • Faça uma lista de compras: não saia de casa sem uma lista do que realmente precisa. Isso evita comprar por impulso ou em quantidade maior do que o necessário.

  • Nunca vá fazer as compras quando estiver sentindo fome. Isso faz com que você compre mais do que o necessário.

  • Pesquise os preços: faça uma pesquisa antes de decidir aonde vai. E, se for preciso, divida as compras com amigos, vizinhos ou parentes. Pode ser uma tática para economizar combustível.

  • Use a calculadora: vá com a máquina na mão ou use a do celular. Isso é fundamental para se manter dentro do limite. Vendo o valor antes de chegar ao caixa, você poderá cortar coisas que não tenham urgência em serem adquiridas.

  • Produtos da estação: percebendo produtos com queda de preço, aproveite. Troque por aqueles que subiram muito. A substituição é sinal de inteligência financeira.

  • Não parcele: compras para o consumo do mês não devem ser parceladas. É porta de entrada para endividamento. Prefira o cartão de débito ou à vista. Ou, se usa cartão da loja, pague a fatura total a cada mês.

O que é recomendado comprar no atacado?

Lembre-se que é sempre melhor comprar em atacadistas alimentos não perecíveis e produtos que têm longa validade.

  • Produtos de limpeza: sabão em pó, amaciante, detergente, etc...

  • Produtos de higiene pessoal: papel higiênico, creme dental, sabonete, shampoo, entre outros.

  • Alimentos não perecíveis: arroz, feijão, açúcar, café, farinha.

Tudo que precisa ser armazenado na geladeira e tenha uma validade curta não é muito recomendado, pois estragam rápido e provavelmente serão descartados antes do uso.

Alguns exemplos são:

  • Queijos
  • Legumes
  • Verduras
  • Frutas
  • Iogurte
  • Manteiga, etc...

Caso opte por comprar esses itens, tenha certeza que irá consumir rapidamente e fique muito atento às datas de validade.

Quais as condições de pagamento para compras no atacado?

Há várias maneiras de pagar as compras no atacarejo:

  • Dinheiro vivo: alguns atacarejos oferecem descontos adicionais para pagamentos em dinheiro. Portanto, se possível, leve dinheiro para aproveitar as vantagens.

  • Cartão de débito: se não deseja levar dinheiro em espécie, usar o cartão de débito é uma alternativa conveniente. Assim, dá para pagar diretamente da conta bancária.

  • Cartão de crédito com cashback ou descontos: verifique se o cartão de crédito oferece cashback ou descontos em compras de supermercados ou atacarejos. Se sim, utilize-o para acumular benefícios extras nas compras.

  • Cartão de crédito com parcelamento sem juros: alguns atacarejos permitem parcelamento sem juros no cartão. Isso pode ser útil para gerenciar o orçamento, desde que se evitem gastos e consiga pagar a fatura integralmente.

  • Aplicativo de pagamento: alguns atacarejos aceitam pagamentos por meio de aplicativos. Verifique se o estabelecimento próximo de sua casa oferece essa opção.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP