Notícias

Você já ouviu falar do golpe no Auxílio Brasil?


Os golpes mudam a todo momento e a melhor forma de se prevenir é com informação. Afinal, fraudes podem ser reduzidas, mas não eliminadas. E são muitas as de tentativas de golpes e informações falsas sobre o Auxílio Brasil circulando nas redes sociais, grupos de Whatsapp, SMS, e-mails e telefone.

Desde o surgimento do programa de assistência social, os casos de fraudes se popularizaram rapidamente e são recorrentes as tentativas feitas por organizações criminosas. A fraude utiliza o nome do programa para induzir a vítima a acessar um link suspeito e realizar um cadastro, com a promessa de receber uma quantia após a conclusão. Por isso, nesse artigo, trouxemos algumas dicas para você se proteger

O que é o golpe do Auxílio Brasil?

Celular com app do Auxílio Brasil

Desconfie de receitas milagrosa e mágicas, se algo parecer estranho, pare e pense: Pode ser golpe!

Golpe do Auxílio Brasil é quando organizações de cibercriminosos usam o nome do programa como isca para a aplicação de fraudes, utilizando a técnica de phishing, que é quando o usuário é instigado a clicar em um link malicioso que pode coletar dados pessoais ou conter vírus.

Na tentativa de tornar a oferta atrativa, essas organizações criminosas prometem até R$ 2.500, valor quatro vezes maior do que o oferecido pelo Governo Federal no Auxílio, que hoje está em R$ 600. Quando a pessoa clica, normalmente ela precisa inserir os seus dados pessoais, inclusive a chave Pix. Essas informações são de alto interesse para os golpistas, que podem usá-las para praticar crimes, como roubo.

Como funciona o golpe do Auxílio Brasil?

Casal vendo o celular desconfiados

Geralmente o fraudador envia uma mensagem por WhatsApp, SMS ou e-mail dizendo à vítima que ela receberá um valor determinado em dinheiro após o clique e mediante a um falso cadastro em sites. Mensagens em tom apelativo, falsas promoções e ofertas são as principais iscas usadas, e basta um toque para ter o telefone clonado e sofrer prejuízos. Os fraudadores também instigam as vítimas a encaminharem o link para outros contatos no intuito de disseminar o golpe.

No levantamento feito por empresas no ramo de segurança digital, foi apontado um crescente número de tentativas de golpes que usam o Auxílio Brasil e seus usuários como alvo. Basicamente na maioria dos casos, a fraude usa o nome do programa social para tentar convencer a vítima a clicar em um link suspeito e fazer um cadastro. E muitos beneficiados do programa são atraídos pela falsa promessa de pagamento rápido, sem análise e qualquer tipo de burocracia.

É preciso estar atento – essa é a melhor forma de identificar um golpe – em muitos casos, as mensagens replicam as cores e imagens utilizadas nas peças de comunicação do Governo Federal ou do Auxílio Brasil em links que levam a pessoa para páginas de sites que se passam por um canal oficial.

A técnica de mensagem por phishing utilizada pelos criminosos, são roubados os dados pessoais e bancários da vítima. Nessas mensagens, eles se passam por empresas, órgãos governamentais e até mesmo instituições de diferentes âmbitos, em uma tentativa de fazer com que usuários confiem no conteúdo enviado. E sugerem o beneficiário a consultar o direito ao benefício, que só poderá ser conferido após a realização de um cadastro em site falso indicado. O criminoso também afirma que, após o preenchimento dos dados, uma determinada quantia estará disponível para o saque ou Pix.

Como evitar cair no golpe do Auxílio Brasil?

Antes de mais nada, é importante reforçar que não há como se inscrever diretamente no programa. A inclusão no Auxílio Brasil ocorre a partir do registro no Cadastro Único. O CadÚnico é o banco de dados que reúne informações da população de baixa renda do Brasil e já está disponível em formato digital através de site ou aplicativo.

Para ser incluído ou se manter na folha de pagamento do Auxílio Brasil é essencial estar registrado no CadÚnico com os dados atualizados e ativos. Este é uma espécie de banco de dados que reúne informações da população brasileira de baixa renda.

banner acordo quero quitar

E uma vez beneficiado, o pagamento do Auxílio Brasil é feito exclusivamente pela Caixa Econômica Federal. Você pode sacar o valor por meio da Poupança Social Digital, da Poupança CAIXA Fácil ou via saque com o cartão do programa. Desconfie de qualquer proposta de pagamento por outros canais.

Como se proteger do golpe: 10 dicas práticas

Homem no celular

1- Observe o remetente das mensagens. Sempre desconfie de qualquer mensagem enviada por um remetente desconhecido ou de um número fixo, por exemplo. Geralmente em caso de golpe, no corpo da mensagem, o usuário é induzido a abrir um link malicioso, que irá redirecioná-lo para uma página falsa. Lá, geralmente são solicitadas informações pessoais - como nome completo, CPF e dados bancários, por exemplo -, que, se preenchidas, podem facilitar o roubo de dados sigilosos;

2- Recebeu uma mensagem suspeita com link? É possível utilizar um verificador de URLs para saber se o site é legítimo ou não. Verificadores de URL é um dos recursos que podem ajudar a "driblar" fraudes recebidas por mensagem. Para conferir a veracidade do link, não clique nele até conferir a veracidade dele. Para isso, use analisadores de links e veja se o site é seguro;

3- Outra ação fundamental é ativar os recursos nativos de proteção dos celulares como a autenticação de dois fatores. Com isso, pessoas com acesso à sua conta, mesmo que munidos de login e senha. serão impedidos de acessá-la;

4- Recomenda-se a instalação de um antivírus confiável no celular. Desse modo, o aplicativo de segurança poderá bloquear links maliciosos imediatamente. Além disso, o antivírus fará varreduras constantes para identificar atividades suspeitas dos apps baixados;

5- Desconfie de ofertas online do Auxílio Brasil, promoções, mensagens em tom apelativo, sorteios, ganhos rápidos e propostas em geral com ofertas especialmente tentadores. É possível verificar a veracidade das informações no site do Ministério da Cidadania (opens new window);

6- Não informe dados pessoais em cadastros de sites que você desconhece. Com eles em mãos, fraudadores podem cometer outras fraudes além do golpe do Auxílio Brasil. Por isso tome muito cuidado ao preencher qualquer tipo de formulário online, principalmente em sites desconhecidos e não-oficiais;

7- Se o usuário tiver clicado em algum link de fraude e se cadastrado, recomenda-se a mudança de todas as senhas, principalmente de aplicativos de bancos;

8- Nunca informe seus dados pessoais e bancários em resposta a ligações, e-mails ou links desconhecidos;

9- Não clique em links de e-mails ou mensagens WhatsApp de remetentes que você não conhece.

10- Nas redes sociais, não compartilhe nada sem checar a procedência e a veracidade das informações.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP