Investimento

Conta-poupança: saiba tudo


Com certeza você já ouviu falar na famosa conta-poupança, também conhecida como caderneta de poupança. Diferente da conta-corrente, utilizada em sua maioria para recebimento de pagamento, salário, e fazer transações bancárias, a finalidade da conta-poupança é outra.

Para quem tem a intenção de guardar dinheiro e não conhece outras formas de aplicar, a conta-poupança é uma boa opção. Com um um funcionamento simples é possível fazer uma reserva.

Além disso, dá a facilidade de retirada quando desejar, apesar do rendimento não ser muito alto. Mas mesmo assim, para quem vai começar, ainda é melhor do que deixar o dinheiro parado. Continue a ler o artigo e entenda de vez o que é, como funciona e como usar uma conta-poupança.

O que é uma conta-poupança?

mão masculina de camisa social, manga comprida, protegendo um cofre em formato de porquinho, na cor branca.

A conta poupança é um tipo de conta bancária, por meio da qual é possível guardar seu dinheiro, onde este é rentabilizado mensalmente. Ela pode ou não estar vinculada a uma conta-corrente, sempre lembrando que seu objetivo é rentabilizar o montante nela investido.

Mesmo assim, existem algumas movimentações que são permitidas em uma conta-poupança. Veja as movimentações básicas:

  • 2 saques;
  • 2 transferências;
  • 2 extratos por mês.

Para abrir o procedimento é bem simples. Não é necessário ter uma conta no banco, sendo preciso apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identidade (RG);
  • CPF;
  • Comprovante de residência.

Lembrando que há a necessidade da comprovação de renda e nem é cobrada taxa de abertura. Essas facilidades são bem interessantes, pois possibilita a abertura de conta-poupança para menores de idade. Sem descartar a presença dos responsáveis pelo menor para abertura, claro.

Como funciona

Como já foi dito, em uma conta poupança, o dinheiro investido, recebe um rendimento mensal. O que vale saber também é que, o saldo em conta possui liquidez diária. Ou seja, pode ser sacado todos os dias.

Para que o valor rentabilize, a quantia depositada deve permanecer durante o período de no mínimo um mês, para que haja rentabilidade. E caso seja feita qualquer retirada antes desse prazo, sobre o valor aplicado, não incidirá rendimentos. Este período é conhecido como o "aniversário" da poupança.

A rentabilidade da poupança é a mesma em qualquer banco, independentemente de ser privado ou público. A taxa é definida e controlada pelo governo, por meio do Banco Central. Neste tipo de conta, nenhuma tarifa deve ser cobrada pelo banco, uma vez que não é uma conta corrente.

A pergunta que você deve estar fazendo, é: “Mas afinal, qual o rendimento de uma conta-poupança?”

É importante saber que a caderneta de poupança tem, atualmente, duas regras de rendimento. E isso diz respeito a quanto o consumidor vai ganhar por deixar o dinheiro guardado. Veja:

Rendimento + TR

Para depósitos feitos o dia 3 de maio de 2012, a poupança rende 0,5% ao mês, o que dá 6,17% ao ano, mais a variação da TR (Taxa Referencial), que hoje está zerada;

TR + variação Selic

Quanto aos depósitos após essa data, além da variação da TR, tem remuneração também de acordo com a meta da Selic, taxa básica de juros da economia do país, que influencia os juros de todas as operações financeiras feitas no Brasil. Em relação ela, funciona assim:

  • Quando a Selic for superior a 8,5% ao ano, os juros da poupança são de 0,5% ao mês;
  • Quando a taxa básica de juros estiver abaixo de 8,5% ao ano, a remuneração é de 70% da Selic, calculada de forma mensal.

Como usar a conta-poupança

banner acordo quero quitar

Existem algumas informações que são importantes para saber sobre a conta-poupança. Entenda:

Qual o risco?

O risco da poupança é mínimo e uma das opções desse risco acontecer, é por exemplo, se o banco onde está a conta-poupança falir. Em um caso como este, o governo garante hoje para o poupador um valor de até R$ 60 mil.

O valor exato, será sempre o que se tiver na conta-poupança na data da falência, sendo que, se o valor for acima dos R$ 60 mil, só haverá garantia até esse limite. É o chamado Fundo Garantidor do governo.

Como fazer o encerramento de uma conta-poupança?

Para fazer o encerramento da conta poupança é bem fácil. Basta retirar todo o saldo acumulado e solicitar o encerramento junto à agência onde tem a conta. E lembre sempre de pedir um recibo de encerramento, pois por mais que não existam taxas de manutenção, isso irá garantir que a conta-poupança foi encerrada na data em questão.

Com essas informações, já é possível aplicar seu dinheiro em uma conta-poupança. Então se tem algum montante disponível, procure um banco de sua confiança e abra já sua conta-poupança. Melhor do que deixar o dinheiro perdendo valor embaixo do colchão.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Logo QueroQuitar laranja vertical

A QueroQuitar é a plataforma de negociação criada para facilitar a sua vida.

Consulte grátis!

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP