Como calcular os juros do cartão de crédito


Vivemos um momento em que toda economia que pudermos fazer, será sempre bem-vinda ao nosso bolso e ao nosso orçamento.

Uma das muitas maneiras de resguardar as nossas finanças é não atrasando ou parcelando o saldo do cartão de crédito, devido aos altos juros que estão sendo aplicados.

Muita gente não sabe o quanto gasta com multas e juros do cartão de crédito. Isso acontece ao parcelar o valor da fatura, realizar o pagamento após a data de vencimento, ou fazer o pagamento do valor mínimo.

Nesses casos, as taxas que os bancos cobram são abusivas. De acordo a Agência Brasileira de Defesa do Consumidor, os juros anuais podem chegar a oitocentos e setenta e cinco por cento ao ano, dependendo do banco e do perfil do cliente.

Em uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismos no primeiro semestre de 2021, cerca de quase oitenta e dois por cento das famílias brasileiras endividadas, têm o cartão de crédito como principal tipo de dívida.

Isso nos levou a fazer um roteiro para ajudar você a ficar ciente de como as taxas são cobradas no seu cartão de crédito.

Como calcular os juros do cartão de crédito atrasado?

Para saber como calcular os juros de cartão de crédito atrasado, é preciso saber quais tipos de encargos serão aplicados. Sendo assim, identifique na sua fatura quais cobranças estão envolvidas.

Se você realizou o pagamento mínimo, o crédito rotativo entrará em ação, assim como a multa por atraso em 2% ao mês e os juros de mora. Quanto ao valor dos juros no rotativo, irá variar de financeira para financeira. Por isso, é importante verificar quanto é cobrado pela sua instituição.

Vamos mostrar a seguir, como o crédito rotativo e a multa por atraso são cobrados. Confira também a tabela com os principais juros do cartão de crédito cobrados pelas principais instituições. Além disso, veja como escapar dessa cobrança que tanto afeta o seu orçamento.

Como funcionam o crédito rotativo e o pagamento mínimo da fatura?

Com a fatura do seu cartão de crédito em mãos, você notará que existem dois valores: o total e o mínimo.

  • O total corresponde a todas as despesas que você realizou durante o mês.
  • O valor mínimo corresponde a 15% do total. Então, uma fatura com total de R$ 1.000, por exemplo, terá o mínimo de R$ 150 para ser pago.

Você poderá optar por pagar qualquer valor entre o mínimo e o total.

Porém, quando você não quita o valor cheio, é acionado o crédito rotativo. A dívida é empurrada para o mês seguinte, mas não sem custos.

A média para uso do crédito rotativo, fica em torno dos 12,5% ao mês, mas essa porcentagem pode ser triplicada em alguns bancos. Sendo assim, essa porcentagem determinada pela instituição financeira, irá reincidir sobre o valor da dívida a cada mês, até que seja completamente quitada.

Qual a multa por atraso do pagamento do cartão de crédito?

Os bancos também cobram multa quando você não quita sua fatura na data devida. O Código de Defesa do Consumidor fixa a cobrança de multa por atraso em 2% ao mês**.** No entanto, ela não é proporcional aos dias corridos. Dessa forma, não importa se você atrasou o pagamento em um dia ou em 30 dias, a multa terá o mesmo valor.

Além da multa por atraso existem ainda os juros de mora. A tarifa também tem teto fixado pelo CDC e a cobrança não pode ultrapassar 1% ao mês. No total, a multa por atraso e os juros de mora somam 3%. Para uma fatura com valor de R$ 1.000, você irá pagar R$ 30 de multa, caso atrase o pagamento assim que quitar o valor devido.

Como calcular juros do cartão de crédito? Veja o valor de algumas instituições

Os juros cobrados no cartão de crédito variam de uma instituição financeira para outra, mas, em todas elas você verá que os valores praticados são abusivos.

Alguns exemplos a seguir.

Instituição Juros rotativo Crédito Parcelado

Bradesco 12,38% a.m 7,94% a.m;

Itaú 12,46% a.m 8,19% a.m;

Banco do Brasil 11,90% a.m 7,68% a.m;

Santander 12,81% a.m 6,57% a.m.

Evite que as dívidas se acumulem

Vamos dar um exemplo. Suponha que você recebeu uma fatura com valor total de R$ 1.000, mas pagou somente R$ 500,00. O valor não quitado, é jogado para o mês seguinte com acréscimo de 10% pelo uso do crédito rotativo + 2% de multa por atraso + 1% de mora.

O total será de R$ 65 de encargos. Você então terá que pagar R$ 565 a mais no mês seguinte. No entanto, o mais provável é que você continue precisando usar o seu cartão de crédito.

Caso as despesas sejam novamente de R$ 1.000, o total da fatura será R$ 1.565. O que acontece então? Na falta do dinheiro, você vai pagar mais uma vez um valor abaixo do total e entrar no rotativo de novo.

O processo funciona como uma bola de neve, porque a dívida cresce a cada mês, mas a sua renda não. Por isso, o uso do cartão de crédito deve ser feito de forma consciente, sem gastos excessivos. Para se reorganizar, o ideal é que você realize um cálculo do total das suas dívidas e planeje o melhor modo para quitar a dívida.

Como evitar os juros de atraso do cartão de crédito?

banner acordo quero quitar

Para evitar os juros de atraso do cartão de crédito, procure sempre pagar o valor total das faturas dentro da data de vencimento**.** Caso não seja possível, tente não usar o cartão até encontrar um modo de acertar a dívida, para que os juros não se acumulem a cada mês, o que deixará você numa situação difícil.

De difícil, já bastam os juros altos que estão sendo aplicados, não é mesmo?

E caso tenha entrado no rotativo e está com dificuldades de sair dessa bola de neve, verifica com seu próprio banco ou outras instituições financeiras a possibilidade de solicitar um empréstimo, que normalmente têm juros mais em conta, para pagar essa dívida.

E se se enrolou ao ponto de ficar negativado, se reorganize, aperte o cinto e economize. Além disso, use a plataforma da QueroQuitar (opens new window) para verificar se sua dívida está com um dos credores parceiros. Com uma consulta gratuita (opens new window), rápida, fácil e segura, você consegue analisar diversas propostas com ofertas e condições especiais para pagar a dívida

Esperamos tê-lo ajudado com estas informações e desejamos que você não precise acumular juros sobre juros no seu cartão de crédito.

Se quiser falar conosco ou tiver alguma dúvida, é só mandar um e-mail para: euquito@queroquitar.com.br. Vamos adorar bater um papo com você!

Um abraço e até semana que vem.

Time QueroQuitar.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP