Renda

13º do INSS: saiba tudo sobre o pagamento da 2ª parcela


Começou dia 25 de maio, o pagamento da segunda parcela do 13º do INSS. Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social, passam a ter acesso ao pagamento a partir dessa data, até o dia 7 de junho, conforme o calendário.

O pagamento do 13º ocorrerá junto com os benefícios referentes a maio. Vale ressaltar que os primeiros a receberem são aqueles que ganham um salário mínimo (R$ 1.212). Já os que recebem acima de um salário mínimo, serão pagos a partir do dia 1º até 7 de junho. Lembrando que o pagamento da primeira parcela, aconteceu em abril.

Conforme o próprio Instituto Nacional do Seguro Social, mais de 31 milhões de segurados receberam a primeira parcela.

Sobre o 13º antecipado

Mão masculina segurnado cinco notas de cinquenta reais.

A antecipação do benefício foi assinada por meio de decreto do governo em março deste ano. E este é o terceiro ano consecutivo onde os aposentados e pensionistas recebem o 13º antes das datas tradicionais, que ocorrem normalmente em agosto e dezembro.

A segunda parcela que está sendo paga, corresponde a metade do valor do benefício. O que muda, é que sobre esta parcela há o desconto do Imposto de Renda para aqueles que se enquadram dentro da faixa que precisa pagar a tributação.

Quem vai receber

Hoje o Brasil tem mais de 36 milhões de pessoas que têm direito a benefícios do INSS. E vale ressaltar que mais de 60% recebem apenas um salário mínimo.

Outra informação importante é o valor pago para quem recebe um salário mínimo. Desde de janeiro deste ano, o piso nacional passou para R$ 1.212, 00.

E como por lei as aposentadorias, pensões por morte, auxílios doença e auxílios reclusão, não podem ter valor inferior ao salário mínimo, os beneficiários que se enquadram nessa categoria de valor, devem receber exatamente isso.

Para os beneficiários que ganham acima do valor do salário mínimo, houve um reajuste de 10,16%. O que fez o teto dos benefícios ir de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22.

Saiba como consultar o valor do 13° do INSS

Antes de tudo, vale saber que os pagamentos serão feitos junto com os benefícios referentes a abril.

Existem algumas maneiras de consultar o pagamento. Veja:

A forma mais comum de consultar o benefício do INSS, neste caso o pagamento do 13° salário, é por meio do número de telefone 135, a central de atendimento do INSS. O atendimento acontece de segunda a sábado, sempre das 7h às 22h. Para consultar, basta informar o número do CPF e confirmar alguns dados cadastrais, que são solicitados para a prevenção contra fraudes;

É possível também acessar o site “Meu INSS”. A plataforma oferece vários serviços, entre eles o valor de benefício. Pelo site, é preciso fazer o login na tela inicial, depois clicar no serviço de "Extrato de Pagamento" e você terá acesso ao seu extrato e todos os detalhes sobre o pagamento do benefício e do 13° salário;

Ainda existe a opção da consulta ser feita pelo aplicativo “Meu INSS”, disponível para Android e iOS. Como no acesso pelo site, é preciso fazer o login para ter acesso a todos os serviços disponíveis e histórico das informações do beneficiário.

Calendário de pagamento do 13° salário para aposentados e pensionistas

Para consultar o calendário, o acompanhamento deve ser feito pelo número final do cartão de benefício. Lembre de não considerar o último dígito verificador, que vem logo após o traço.

Para quem ganha até um salário mínimo - 2ª parcela

  • Final 1: recebe dia 25 de maio;
  • Final 2: recebe dia 26 de maio;
  • Final 3: recebe dia 27 de maio;
  • Final 4: recebe dia 30 de maio;
  • Final 5: recebe dia 31 de maio;
  • Final 6: recebe dia 01 de junho;
  • Final 7: recebe dia 02 de junho;
  • Final 8: recebe dia 03 de junho;
  • Final 9: recebe dia 06 de junho;
  • Final 0: recebe dia 07 de junho.

Para quem ganha mais de um salário - 2ª parcela

  • Final 1 e 6: recebe dia 01 de junho;
  • Final 2 e 7: recebe dia 02 de junho;
  • Final 3 e 8: recebe dia 05 de junho;
  • Final 4 e 9: recebe dia 06 de junho;
  • Final 5 e 0: recebe dia 07 de junho.

Que tal usar a 2ª parcela do 13º salário do INSS para pagar dívidas?

banner acordo quero quitar

Um dos primeiros passos para sair do vermelho, é achar a melhor forma de fazer uma boa negociação. Tendo isso em mente, utilizar por exemplo, o valor do 13° salário do INSS para quitar ou amenizar dívidas é sempre um bom negócio. Isso porque tendo um valor em mãos, fica mais fácil se livrar de juros e conseguir um belo desconto.

Uma boa maneira, é consultar o site daQueroQuitar (opens new window). Como aconsulta é gratuita (opens new window) e o acesso fácil e rápido, em poucos cliques você consegue descobrir quais dívidas tem. E o melhor que isso, é a certeza de que terá acesso às melhores ofertas, com descontos e condições especiais para o pagamento.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Logo QueroQuitar laranja vertical

A QueroQuitar é a plataforma de negociação criada para facilitar a sua vida.

Consulte grátis!

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP