Organização

Saiba como proteger as informações do seu celular


Hoje uma grande parte da população carrega literalmente a vida na palma da mão. Se há alguns anos, perder ou ter o celular roubado, já era uma grande dor de cabeça, imagine hoje.

Antes esse problema se resumia somente a perda do aparelho, mas hoje em dia, devido aos avanços tecnológicos, carregamos inúmeras informações e documentos importantes em nossos smartphones.

banner acordo quero quitar

E infelizmente também devido a evolução dos golpes e roubos que invadiram o meio digital, ter o celular roubado pode acabar gerando um prejuízo muito maior.

Então se quer saber como proteger as informações do seu celular, continue a ler esse artigo.

Qual o perigo ao ter as informações do seu celular roubadas?

O maior perigo é ter o celular roubado, enquanto o está utilizando. Isso porque quem pratica esse tipo de roubo, mais do que o smartphone, quer ter acesso às informações do seu celular.

Esse é um tipo de roubo que tem aumentado cada vez mais. É aquele que ocorre feito por um ladrão de bicicleta ou moto, que aproveita sua distração, enquanto utiliza o aparelho, para justamente roubá-lo desbloqueado. Isso porque assim, o assaltante pode ter acesso a suas informações e é justamente onde mora o perigo.

Ao ter seu celular roubado, estando o aparelho desbloqueado, o assaltante terá acesso a documentos, contas em redes sociais e a suas contas bancárias. Com a tela ativa, quem se apoderou do celular, coloca o chip em outro dispositivo e começa a tentar trocar senhas a partir do SMS, uma opção que é dada por diversos aplicativos.

Sendo assim, você tem poucos minutos para bloquear do aparelho, antes que o criminoso acesse seus dados.

Ainda existe também o roubo do celular bloqueado. Nesse tipo de roubo, os criminosos , com a ajuda de hackers, varrem a memória do aparelho com programas específicos. Nesse caso o objetivo é ter acesso a informações que estão off-line no celular, como documentos e dados pessoais, os quais são usados para abrir contas em outros bancos, diferentes dos da vítima, e assim aplicar golpes.

Dicas para proteção antes do roubo do celular

Algumas dicas são bem simples, mas eficientes para evitar problemas futuros. Veja:

Mantenha o celular guardado enquanto estiver andando

Se você mexe no celular enquanto anda é inevitável que o foco esteja no aparelho. Isso o faz não perceber o movimento à sua volta, o que facilita para o criminosos se aproximar sem que perceba. O ideal é que se tiver que utilizar o aparelho, pare para fazer isso. De preferência em um lugar fechado , como uma loja, por exemplo.

Sempre utilize o bloqueio de tela do celular

Seja por biometria, senha, padrão, PIN. digital ou biometria facial, sempre coloque algum tipo de bloqueio para acessar seu aparelho. Medidas como essa, dificultam o acesso no caso de roubo.

Use o menor tempo de bloqueio automático de tela

Existem celulares que o menor tempo de bloqueio automático de tela é de 30 segundos. Quanto menor o tempo, mais difíceis as chances de criminosos acessarem seus dados.

Autenticação em dois fatores

Use a autenticação em dois fatores que a maioria dos aplicativos para celular disponibilizam. E opte sempre pela opção de código e não de envio por SMS, uma vez que o assaltante estará com o seu chip.

Não mantenha salvas no aparelho

Evite a todo custo deixar senhas em bloco de notas, prints ou conversas no seu celular. Para ter certeza de que não tem o dado na memória do aparelho, faça uma pesquisa na busca de mensagens com as palavras “senha” e “acesso”, para ter certeza de que não a enviou para alguém.

Pode ser apenas uma senha de um cadastro online, por exemplo, mas se você utiliza a mesma para outras coisas, pode ser perigoso deixá-la no celular. E pode ter certeza de que o criminoso em posse do aparelho fará essa busca.

Diminua o limite do seu PIX

Desde abril do ano passado, a Federação Brasileira de Bancos, demandou que os bancos disponibilizem a opção do cliente alterar o limite diário do PIX em suas contas. Isso diminui o estrago, se o assaltante tiver acesso a transação.

Dicas para proteção depois do roubo do celular

Existe também uma série de atitudes que você pode tomar logo após o roubo do aparelho, para se proteger. Veja:

Bloqueie a linha do celular

Ao fazer isso , você impede o assaltante de fazer ligações ou ter acesso às mensagens de SMS do celular. Basta ligar na operadora para fazer esse tipo de bloqueio.

Faça o bloqueio de contas e cartões

Entre em contato com os bancos onde tem conta e instituições financeiras onde tenha cartões de crédito e solicite o bloqueio de todas as operações por via móvel ou computador.

Apague os dados do seu celular

Se o sistema do seu aparelho for o Android, é possível apagar os dados de algumas maneiras:

  • Na página do Google "Encontre Meu Dispositivo";
  • Pelo aplicativo "Encontre Meu Dispositivo" em outro aparelho;
  • Usando a seção "Minha Conta" do Google;
  • Por meio de uma busca no Google por "Encontre Meu Dispositivo".

Se for um Iphone que utiliza o sistema IOS, use:

  • O site iCloud, acessível em qualquer navegador de internet;
  • O aplicativo Busca, caso tenha algum outro aparelho da Apple, para apagar os dados.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP