Notícias

Governo negocia emprego formal no Grupo Carrefour para beneficiários do programa


Em parceira com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Grupo Carrefour iniciou a partir de março desse ano, a contração de beneficiários do Bolsa Família. Esta ação visa promover a capacitação e inclusão socioeconômica de 1 milhão de pessoas inscritas no Cadastro Único, através de capacitação e inserção no mercado de trabalho, até o término de 2023.

Para isso, foi firmado um acordo de Cooperação Técnica (ACT) entre o Carrefour e o MDS. Basicamente a ação pretende formar a mão de obra qualificada e geração de emprego, permitindo assim que esses beneficiários retornem as suas atividades profissionais, aprimorem o desenvolvimento humano e elevem a qualidade de vida.

banner acordo quero quitar

E com a melhora em sua renda mensal, o beneficiário do Bolsa Família passará a não ter mais como renda única e/ou principal, o pagamento do benefício, possibilitando assim que o programa de transferência de renda atenda outras famílias em situação de vulnerabilidade social no país. A nova ação entre essas parcerias, tem uma meta de chegar a um milhão de beneficiários inseridos no setor privado nas mais diferentes áreas, com acordos semelhantes ao realizado com o Grupo Carrefour.

As primeiras contratações do grupo varejista foram cinco mulheres que passaram a integrar o quadro de funcionários em lojas do atacadão Carrefour em Teresina, no Piauí. A meta só para o estado do Piauí, são 35 mil vagas preenchidas entre parcerias do Governo e empresas privadas. O novo projeto ainda se estenderá por todos os demais estados do Brasil.

Sou beneficiário do Bolsa Família, como faço parte do novo projeto do Governo?

O Carrefour irá disponibilizar as oportunidades de emprego em uma plataforma da Sisec, pertencente ao Ministério de Desenvolvimento, a fim de que os interessados possam se inscrever. Os candidatos devem se candidatar e passar pelo processo seletivo comum, com maior prioridade sendo dada a mulheres negras e outros indivíduos em situações de desvantagem que sejam beneficiários do programa Bolsa Família. Além disso, a contratação será realizada com base nas informações que constam no Cadastro Único.

Incialmente, o acordo entre o MDS e o Carrefour terá vigência de 12 meses, e ao menos 10% das vagas de emprego abertas pelo Carrefour serão destinadas aos inscritos no Cadastro Único que recebem o Bolsa Família. Demais empresas que vieram a fazer parte do projeto em parceria com o Governo, também terão acesso aos inscritos no Cadastro Único para darem continuidade a seleções dos candidatos as vagas.

Posso perder o Bolsa Família se fizer parte do novo programa de emprego formal?

Mesmo com a recolocação do beneficiário no mercado de trabalho, os valores do Bolsa Família continuarão sendo repassados para aqueles que não ultrapassarem o limite de meio salário mínimo por pessoa do grupo familiar pelo período de até 24 meses. E caso a pessoa seja demitido e perca a renda, é possível voltar a receber o Bolsa Família.

O que é trabalho formal?

O trabalho formal é todo aquele trabalho que é regido pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, e em que o trabalhador tem sua carteira assinada pelo empregador, caracterizando o vínculo empregatício, podendo assim usufruir por direito, as todas as vantagens oferecidas pela legislação trabalhista como: remuneração (salário), vantagens como auxílio alimentação, vale-transporte, plano de saúde, férias remuneradas, INSS, FGTS e 13º salário.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP