Notícias

Bolsa Família: conheça a nova regra de proteção que garante 50% do pagamento


A mais recente medida de proteção do Bolsa Família garante que as famílias possam permanecer nele por até dois anos, mesmo que obtenham emprego com carteira assinada e passem a ter uma renda mais elevada. No entanto, como contrapartida, o valor do benefício é reduzido. Continue lendo o artigo e fique por dentro da nova regra do programa.

Como é a nova regra do Bolsa Família?

banner acordo quero quitar

A nova regra do Bolsa Família estabelece uma proteção que impede a suspensão imediata do benefício quando a renda familiar ultrapassa a linha de pobreza. No entanto, essa nova regra de permanência está vinculada à redução do valor do benefício. As famílias que conseguem emprego e aumentam a renda terão o valor do benefício reduzido em 50%, recebendo apenas metade do valor originalmente pago. Essa medida de proteção entrou em vigor a partir de junho.

O objetivo do Governo Federal com essa proteção é evitar que a transferência de renda seja cancelada abruptamente quando a família ultrapassar a linha de pobreza, proporcionando maior estabilidade financeira e incentivando o emprego e o empreendedorismo.

Caso a família perca a renda após os dois anos de proteção ou tenha solicitado a saída do programa, ela poderá voltar a receber o benefício integral. Para isso, o familiar responsável deve entrar em contato com o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), atualizar as informações de renda e solicitar o retorno ao Bolsa Família.

Quem terá direito a nova regra do programa?

enter image description here

Essa nova regra do programa se aplica a todas as famílias participantes do Bolsa Família e permite que elas recebam do programa por até mais dois anos, desde que a renda de cada membro da família seja de até meio salário mínimo (R$ 660), mesmo que consigam um emprego e aumentem sua renda.

Quais são as regras gerais do Bolsa Família?

As famílias beneficiárias do Bolsa Família devem cumprir compromissos nas áreas de saúde e educação. Esses compromissos incluem:

  • Realização do acompanhamento pré-natal;

  • Acompanhamento do calendário nacional de vacinação;

  • Realização do acompanhamento do estado nutricional das crianças menores de 7 anos;

  • Frequência escolar mínima de 60% para as crianças de 4 a 5 anos, e de 75% para os beneficiários de 6 a 18 anos incompletos que não tenham concluído a educação básica;

  • A família deve sempre manter atualizado o Cadastro Único (pelos menos, a cada 24 meses).

Veja o calendário de pagamentos anual do Bolsa Família

enter image description here

Confira o calendário do Bolsa Família de julho

  • NIS final 1 – 18 de julho;

  • NIS final 2 – 19 de julho;

  • NIS final 3 – 20 de julho;

  • NIS final 4 – 21 de julho;

  • NIS final 5 – 24 de julho;

  • NIS final 6 – 25 de julho;

  • NIS final 7 – 26 de julho;

  • NIS final 8 – 27 de julho;

  • NIS final 9 – 28 de julho;

  • NIS final 0 – 31 de julho.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP