Institucional

Dia das mães: amor incondicional em qualquer situação


Sabia que com a pandemia aumentou o número de jovens adultos que continuam a morar e depender dos pais? Aliás, esta não é uma situação incomum no Brasil, como em alguns países da Europa como Portugal e Itália.

Com a chegada do dia 8, segundo domingo de maio no qual é comemorado o Dia das Mães, o que se vê atualmente é cada vez mais, filhos adultos que dependem financeiramente da mãe ou dos pais. Nem sempre por vontade própria, devido a atual situação econômica do país. Mas não deixa de ser uma realidade.

Diante disso, que tal entrar no detalhe e saber o quanto mães hoje em dia, ainda ajudam os filhos com suas contas e dívidas. Continue a ler o artigo para descobrir.

A situação financeira dos filhos adultos de hoje

É fato que o Dia das Mães é uma data que é a segunda melhor para o comércio, perdendo apenas para o Natal. A data, criada pelo presidente Getúlio Vargas no Brasil em 5 de maio no década de 1930, se trata de uma comemoração que acontece já há muito tempo, desde a Grécia Antiga.

Sendo mais recentemente uma criação dos Estados Unidos no século 19, para aumentar as vendas do comércio, esta é uma data comemorativa, que de acordo com a tradição norte americana, os filhos e filhas correm para comprar um presente para agradar suas mães.

O que tem acontecido de uns tempos para cá, é que essas mães tem feito muito mais por seus filhos, por muito mais tempo. É comum hoje vermos mães que às vezes já estão até aposentadas, ajudar nas despesas dos filhos adultos, como faculdade, moradia e financiamentos.

Aliás, muitos filhos estão usando o cartão de crédito das mães, por estarem endividados ou com o nome sujo.

O problema vai além da economia do país

Mais do que um problema econômico do país, muitos jovens adultos estão endividados por não saberem lidar com o dinheiro. Vindos de pais que conseguiram se firmar, que por sua vez tinham pais que viveram uma situação econômica menos estável, esses filhos acabam tendo de seus pais, tudo o que esses não tiveram.

Talvez querendo compensar o que não puderam ter, pais e mães de hoje acabam por facilitar demais a vida de seus filhos, o que não é bom. Isso diminui o senso de responsabilidade, pois esses jovens têm as coisas com muito mais facilidade.

Isso desenvolve pessoas menos preparadas para lidar com o dinheiro e causa o descontrole. O próximo passo é o endividamento e por mim o nome sujo.

Dia das mães: hora de agradecer a sua

Mãe com mais idade, de olhos fechados, abraça a filha adulta.

Apesar disso, os jovens adultos têm, de certa forma, a sorte de poderem contar com mães que os ajudam. Claro que isso não é uma regra e existem muitas famílias que não tem ninguém com quem contar. O que justifica o país ter atualmente mais de 70% das famílias brasileiras endividadas.

Por isso, agradeça se tem uma mãe que pode dar socorro na hora do aperto.

Existe solução para o endividamento

Tudo é uma questão de organização. O que os jovens endividados precisam fazer em primeiro lugar, é listar todas as dívidas que possuem. Essa etapa pode parecer um pouco complicada se não se sabe onde procurar. Como saber quais são todas as dívidas que tem?

Um bom jeito, é efetuar uma consulta grátis na QueroQuitar (opens new window). Basta fazer um cadastro rápido e em poucos cliques você tem acesso as possíveis dívidas que tenha, caso seja com um de nossos parceiros.

O segundo passo é pesquisar os valores, os descontos e formas de pagamento. Essa é outra vantagem da QueroQuitar. Em nossa plataforma você encontra sempre as melhores ofertas e condições de pagamento. Dê uma conferida (opens new window).

Depois de feito o acordo, além de manter os pagamentos, lembrando aqui de escolher uma condição que não pese no orçamento mensal, o que deve ser feito é organizar o que entra de crédito e que sai de despesa todo mês.

Por meio de uma planilha ou um aplicativo, hoje é bem simples fazer esse tipo de controle. Se precisar de ajuda nessa etapa, acesse a área de Ferramentas de Apoio (opens new window) do QueroRenda. Lá você encontra diversas opções que podem ajudar na organização financeira.

Em seguida, quando já estiver acostumado com o controle mensal, comece a pensar em fazer uma reserva financeira. Esse é aquele valor para emergências. Só então depois de ter separado essa reserva financeira (que em média deve ser no mínimo 3 vezes os seus ganhos), comece a pensar em um valor extra para poupar e investir.

É possível mudar sua vida financeira

banner acordo quero quitar

Com certeza não é do dia para noite que se sai das dívidas. Isso é um processo, feito passo a passo. É preciso organização, paciência e foco para organizar a vida financeira. Mas quando estiver no controle, você vai perceber como é bom se sentir assim.

Saber que tem as rédeas de suas finanças e que não é mais um escravo das dívidas traz uma sensação de segurança, que é real. E melhor ainda: começar a ver o dinheiro trabalhando para você é algo sem igual.

Pode ser que neste Dia das Mães, sua vida ainda esteja um pouco bagunçada. Então vamos combinar uma coisa? Tente seguir os passos apresentados nesse artigo e no ano que vem você me conta como está sua situação?

Tenho certeza de que estará tão bem, que além de estar bem longe das dívidas, ainda poderá dar um belo presente para sua mãe.

Se quiser falar comigo ou tiver alguma dúvida, é só me mandar um e-mail: euquito@queroquitar.com.br. Vou adorar bater um papo com você!

Um abraço e até semana que vem.

Euquito.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Logo QueroQuitar laranja vertical

A QueroQuitar é a plataforma de negociação criada para facilitar a sua vida.

Consulte grátis!

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP