Dívidas

Negociação de dívidas: dicas para ajudar na hora de negociar


Os brasileiros estão cada vez mais endividados e de acordo com uma pesquisa da Confederação Nacional do (CNC) Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o endividamento atingiu 77,4% das famílias em maio deste ano.

Os principais tipos de dívidas são:

  • Cartões de crédito (88,5%)

  • Carnês (18,2%)

  • Financiamentos de carro (11%).

De acordo com uma pesquisa realizada pela FinanZero, 46% dos entrevistados pensam em pedir empréstimo para os próximos três meses, e para 34,5% deles, o pagamento de dívidas é a principal justificativa.

Essa situação pode ter diversas causas, incluindo a crise econômica que o país vem enfrentando nos últimos anos, o aumento do desemprego e a dificuldade de acesso a crédito saudável. Para sair das dívidas, é fundamental entender os motivos que levam ao endividamento e buscar soluções como a negociação de dívidas que pode evitar que esse problema se torne ainda mais grave.

O ideal seria não contrair empréstimo, mas já que não há outro meio de resolver os problemas, uma vez que os salários estão sendo insuficientes para cobrir até mesmo as despesas básicas, o jeito é lançar mãos de algumas dicas para que isso não seja mais um problema.

Conheça dicas para facilitar a negociação de dívidas

enter image description here

Contratos

Ao fazer um contrato, leia com atenção para ver se os termos estão mesmo de acordo com o que foi oferecido. Preste atenção nos itens como:

  • Data

  • Condições de pagamento

  • Multas e taxas em caso de atraso

  • Se não estão sendo inseridos outros serviços além do contratado

Isso ajudará no caso de uma negociação de dívidas.

Dê prioridade às dívidas maiores

O número de parcelas muito alto é uma ilusão de que será benéfico, mas na verdade, quanto mais parcelamentos, mais longa será a obrigação financeira com aquela dívida, além de acarretar mais juros.

Diminuir as parcelas é algo positivo para lidar com os juros e taxas.

Analise o quanto você pode pagar

Caso venha a precisar de uma negociação de dívidas, é primordial entender que existirão obrigações financeiras, como arcar com gastos mensais ou à vista, por exemplo.

Quando não é possível cumprir o acordo, o seu CPF ou CNPJ, no caso de empresas, volta aos registros de inadimplência e o crédito é bloqueado. Caso isso ocorra, o credor pode cancelar o acordo novo e retomar o antigo, mas isso geralmente ocorre com taxas adicionais.

Vantagens da negociação de dívidas

banner acordo quero quitar

  • Você deixa de ser inadimplente

  • Recupera o seu poder de compra

  • Aprende a lidar melhor com o crédito

  • Troca dívida cara por mais barata

  • Evita que a situação vire uma bola de neve

  • Ensina a ser mais racional com seus gastos

  • Melhora a sua saúde física e mental

Não resta dúvida de que o melhor caminho é a negociação de dívidas, e muito mais do que se acertar financeiramente, sua qualidade de vida com certeza irá melhorar.

Um estudo realizado pelo SPC Brasil em parceria com a CNDL mostra que 8 em cada 10 inadimplentes sofreram impacto emocional negativo por conta das dívidas.

De acordo com a análise, os inadimplentes entrevistados afirmam sentir vergonha por terem dívidas. Outros sentimentos negativos mais relatados são a infelicidade, insegurança, medo de não conseguir quitar as pendências, nervosismo, irritação e desespero.

Além disso, doenças como depressão, ansiedade, insônia e pânico também apareceram na pesquisa. Ou seja: ficar longe das dívidas pode melhorar a qualidade de vida - e diminuir as preocupações.

Que tal procurar a QueroQuitar (opens new window) para resolver suas pendências?

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP