Dívidas

CPF negativado: como saber se meu nome está sujo?


Se você está preocupado com a possibilidade de ter o seu nome negativado, o temido “nome sujo”, é importante ficar atento à situação do seu CPF. Ter o nome sujo pode trazer diversas consequências negativas para a sua vida financeira, dificultando a obtenção de crédito e gerando preocupações constantes.

Verificar a situação do seu CPF é simples. Confira neste artigo.

Como saber se meu nome está sujo?

enter image description here

Existem empresas, conhecidas como “birôs de crédito”, que são responsáveis pela inscrição das informações dos devedores no banco de dados de restrição ao crédito. Para saber se o seu nome está sujo, é necessário realizar a consulta ao banco de dados dessas empresas. Isso pode ser realizado gratuitamente pelo CPF de forma online.

Atualmente, as três principais bases de dados usadas para registro de inadimplentes, oferecem acesso via internet em sites ou aplicativos, para tanto é necessário um cadastro prévio. São elas:

Todos eles são órgãos tem a função de criar uma lista com os dados de pessoas físicas ou jurídicas que contém inadimplência e pagamentos em atraso como dívidas vencidas e não pagas, cheques sem fundos, protestos de títulos e outros registros públicos e oficiais de determinados credores, entre eles, lojas, bancos, financeiras entre outros.

O que acontece se ficar com o nome sujo?

Ter o nome sujo, ou seja, estar com o CPF negativado devido a dívidas não pagas, pode trazer uma série de consequências negativas para a vida financeira de uma pessoa. É importante estar ciente das instruções dessa situação para tomar medidas cabíveis e buscar regularizar a situação o mais rápido possível.

banner acordo quero quitar

Consequências de ter o nome sujo:

Dificuldade de obter crédito: uma das principais consequências de ter o nome sujo é a restrição ao acesso a crédito. Instituições financeiras como bancos e financeiras, tendem a negar empréstimos, financiamentos e cartões de crédito para pessoas com o CPF negativado. Isso limita as opções de crédito disponíveis e pode dificultar a realização de projetos pessoais ou empresariais;

Restrição para fazer compras a prazo: além das dificuldades em obter crédito, pessoas com nome sujo podem enfrentar restrições ao realizar compras a prazo. Muitas lojas e estabelecimentos comerciais consultam os órgãos de proteção ao crédito antes de conceder parcelamentos ou crediários, e a negativação do CPF pode resultar na recusa dessas transações;

Juros e condições desfavoráveis: para aqueles que conseguem obter crédito mesmo com o nome sujo, é comum enfrentar condições desfavoráveis. Os juros e taxas cobradas tendem a ser mais altos, pois as instituições financeiras buscam compensar o risco de inadimplência, disponibilizando a opção de parcelas maiores e um custo total mais elevado para o consumidor;

Restrições em serviços: a negativação do CPF pode acarretar restrições em relação a diversos serviços. Por exemplo, empresas de telefonia, internet, TV a cabo e energia elétrica podem negar a contratação de novos serviços. Também é comum a restrição de abertura de contas em bancos ou emissão de cheques;

Dificuldade para alugar imóveis: imobiliários e proprietários de imóveis costumam realizar consultas aos órgãos de proteção ao crédito antes de alugar um imóvel. Assim, ter o nome sujo pode dificultar a aprovação de um contrato de locação, comprovação de renda mais elevada ou a necessidade de um fiador entre outras burocracias.

Diminui as chances de conquistar determinadas vagas de emprego: a negativação do nome pode prejudicar as oportunidades de emprego. Algumas empresas têm políticas internas que incluem a análise do histórico de crédito dos candidatos como parte do processo seletivo, e levam em consideração a negativação do CPF, o que tende a diminuir as chances do candidato interessado a vaga de emprego;

Abalo na convicção: estar com o nome sujo pode afetar a opinião pessoal. A inadimplência e as consequências que ela acarreta podem gerar um grande impacto emocional e estresse na vida do indivíduo. A preocupação constante com dívidas, cobranças e a sensação de falta de controle financeiro podem afetar a saúde mental, os relacionamentos e a qualidade de vida como um todo;

Cobranças e constrangimentos: pessoas com o nome sujo podem receber cobranças constantes de empresas credoras. Essas cobranças podem ocorrer por telefone, e-mail, correspondência ou mesmo por meio de cobradores em sua residência. Esse cenário pode gerar constrangimento e estresse emocional;

Restrições em concursos públicos e financiamentos estudantis: alguns concursos públicos e programas de financiamento estudantil consideram a regularidade do CPF como garantia de elegibilidade a vaga;

Quem tem nome sujo pode arrumar emprego?

enter image description here

Sim, uma pessoa com nome sujo pode arrumar emprego. Ter o nome negativado não é um impeditivo legal para conseguir um emprego, pois não existe uma lei que proíba a contratação de pessoas nessa situação.

No entanto, é importante ressaltar que algumas empresas podem realizar uma análise de crédito e antecedentes antes de contratar um funcionário, especialmente em cargas que envolvam cuidado financeiro, acesso a informações sensíveis ou visitantes de recursos financeiros da empresa.

Nesses casos, a negativação do nome pode influenciar a decisão do empregador, pois eles podem interpretar que a pessoa apresenta um risco maior de problemas financeiros.

Cabe destacar que a inclusão ou exclusão de um nome nos órgãos de proteção ao crédito não está diretamente relacionada à capacidade profissional ou competência técnica de um indivíduo. Mas, é essencial que uma pessoa com nome sujo procure regularizar a sua situação financeira, negociando as dívidas, pagando-as ou buscando acordos com os credores.

Essa atitude demonstra comprometimento e responsabilidade financeira, o que pode ajudar a minimizar qualquer impacto negativo na busca por um emprego.

É verdade que o nome limpa depois de 5 anos?

O prazo para a prescrição de dívidas e a exclusão dos registros de inadimplência dos órgãos de proteção ao crédito é de cinco anos a partir da data do vencimento da dívida. Isso significa, que após esse prazo, o consumidor devedor não poderá mais permanecer negativado.

Entretanto, é importante esclarecer que a prescrição da dívida não significa automaticamente a exclusão do registro de inadimplência junto ao credor qual o consumidor adquiriu a dívida. Mesmo após os cinco anos, se a dívida não for quitada, ela ainda poderá ser cobrada e ainda poderá ser um impeditivo na hora de contratar serviços de algumas instituições financeiras, especialmente a que existe a pendência, pois embora o nome da pessoa fique “limpo”, o débito não deixa de existir, pois a dívida permanece no banco de dados do Banco Central para consultas de empresas e instituições financeiras.

Quanto tempo de dívida suja o nome?

É importante ter em mente que, basta o atraso de somente 1 dia do pagamento de uma conta, para ficar negativado, já toda e qualquer empresa tem a liberdade de cobrar o devedor a contar de 1 dia do primeiro atraso de um vencimento. Porém, as empresas credoras preferem esperar o prazo de 1 mês para que o consumidor tenha a possibilidade de quitar o valor, ainda que com atraso.

O que acontece depois de limpar o nome?

enter image description here

Após limpar o nome, ou seja, regularizar as dívidas, em cinco dias úteis é feita exclusão dos registros de inadimplência nos órgãos de proteção ao crédito, com isso algumas mudanças podem ocorrer em relação à sua situação financeira e acesso ao crédito.

Aqui estão algumas das principais consequências após a limpeza do nome:

Acesso a crédito: com o nome limpo, você terá mais facilidade em obter crédito junto a instituições financeiras. Isso inclui a possibilidade de pedidos de empréstimos, financiamentos, cartões de crédito e outras formas de crédito pessoal. No entanto, é importante usar o crédito de forma responsável e manter um controle adequado das suas finanças;

Melhores condições de crédito: após limpar o nome, é possível que você obtenha condições mais vantajosas em termos de taxas de juros e prazos de pagamento. Os credores tendem a oferecer melhores condições para pessoas com histórico de pagamento regular e sem registros de inadimplência;

Reabilitação financeira: a limpeza do nome é um passo importante rumo à reabilitação financeira. Com as dívidas quitadas, você terá a oportunidade de reconstruir sua receita financeira e melhorar sua saúde financeira em geral. Isso envolve o estabelecimento de hábitos financeiros saudáveis, como o controle do orçamento, o pagamento pontual das contas e a construção de reservas de emergência;

Estabilidade e tranquilidade: ao limpar o nome, você pode experimentar uma sensação de alívio e tranquilidade em relação às suas finanças. A ausência de registros de inadimplência traz mais segurança e abre portas para oportunidades financeiras, como a possibilidade de realizar planos e projetos pessoais;

Saber se o seu nome está sujo é fundamental para tomar as medidas necessárias e regularizar a sua situação financeira. Lembre-se de que é possível reverter a situação e conquistar uma vida financeira de forma saudável novamente.

Mantenha o controle das suas finanças, faça escolhas conscientes e evite o acúmulo de dívidas. Com organização e disciplina, você poderá conquistar a tão almejada tranquilidade financeira.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP