Dívidas

Como Quitar as dívidas ativas e ficar em dia com o governo


As dívidas ativas com o governo são um tema de grande relevância no cenário econômico e financeiro do país. Milhões de cidadãos e empresas se encontram nessa situação, gerando impactos na economia e nas finanças pessoais.

Neste artigo, vamos explicar o que são as dívidas ativas com o Governo, suas principais causas, consequências e, o mais importante, como quitá-las e restabelecer sua situação fiscal.

O que são Dívidas Ativas com o Governo?

enter image description here

As dívidas ativas com o governo são obrigações financeiras que cidadãos ou empresas possuem com órgãos governamentais em nível federal, estadual ou municipal. Elas englobam débitos relacionados a impostos, taxas, contribuições e multas não pagas, bem como outras obrigações legais não cumpridas.

Essas dívidas ativas são registradas e controladas pelos órgãos de arrecadação, como a Receita Federal, secretarias da Fazenda estaduais e prefeituras. A inadimplência com o governo pode levar a uma série de complicações, como restrição de crédito, protesto de títulos, penhora de bens, entre outras consequências.

Principais Causas das Dívidas Ativas

Existem várias razões pelas quais uma pessoa física ou jurídica pode acumular dívidas ativas com o governo. Algumas das principais causas incluem:

Falta de Planejamento Financeiro

A ausência de um planejamento financeiro adequado pode levar à má gestão dos recursos, tornando difícil o cumprimento das obrigações fiscais.

Preservação do Crédito

Ao realizar uma renegociação, o devedor tem a oportunidade de evitar a negativação de seu nome nos órgãos de proteção ao crédito. Isso é essencial para manter a capacidade de obter financiamentos e realizar outras operações financeiras no futuro.

Desemprego ou Redução de Renda

Mudanças na situação econômica, como desemprego ou diminuição de renda, podem comprometer a capacidade de pagar os impostos e contribuições devidos.

Desconhecimento das Obrigações Fiscais

A falta de conhecimento sobre as obrigações tributárias pode levar ao atraso ou não pagamento de impostos e taxas.

Crises Econômicas

Em momentos de crise econômica, empresas podem enfrentar dificuldades financeiras que dificultam o pagamento de suas obrigações fiscais.

Consequências das Dívidas Ativas

banner acordo quero quitar

As consequências da inadimplência com o governo podem ser graves e impactar negativamente a vida financeira dos devedores. Alguns dos efeitos mais comuns incluem:

Restrição de Crédito

A dívida ativa pode levar à negativação do CPF ou CNPJ, dificultando a obtenção de crédito no mercado.

Execução Fiscal

O governo pode acionar a Justiça para cobrar as dívidas, podendo ocorrer penhora de bens e bloqueio de contas bancárias.

Protesto de Títulos

As dívidas podem ser protestadas em cartório, o que prejudica a credibilidade do devedor.

Impedimento de Participação em Licitações

Empresas com dívidas ativas podem ser impedidas de participar de licitações públicas.

Como quitar as dívidas ativas

Quitar as dívidas ativas é essencial para reverter as consequências negativas e regularizar sua situação fiscal. Confira algumas dicas importantes para lidar com esse desafio:

Negociação

Entre em contato com o órgão responsável pela cobrança e busque uma negociação para parcelamento ou desconto da dívida. Muitas vezes, é possível obter condições especiais para regularizar a situação.

Planejamento financeiro

Elabore um planejamento financeiro detalhado para entender como direcionar seus recursos para quitar a dívida.

Priorização

Dê prioridade ao pagamento das dívidas ativas, evitando novos gastos desnecessários.

Busque ajuda profissional

Em casos mais complexos, contar com a orientação de um contador ou advogado pode ser fundamental para encontrar a melhor solução.

Evite novas dívidas

Adote práticas financeiras responsáveis para evitar novos endividamentos e garantir uma gestão financeira saudável.

Em resumo, as dívidas ativas com o governo são uma questão séria que requer atenção e cuidado por parte dos cidadãos e empresas. A busca pela regularização fiscal é fundamental para evitar complicações futuras e manter a saúde financeira em dia.

Com planejamento, negociação e disciplina financeira, é possível quitar as dívidas e retomar o controle sobre suas finanças.

Compartilhe:

Artigos Relacionados

Card CTA

Na QueroQuitar você fecha acordos com até 98% de desconto!

Consulte seu CPF e veja as melhores ofertas para quitar dívidas.

QueroQuitar

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP