Como fazer um orçamento familiar básico


3/6/2020

Organização

Como fazer um orçamento familiar básico

Fazer o orçamento familiar pode parecer uma tarefa bastante complexa. Um desafio temido por muitos, mas essencial para todos. É importante ter em mente que é muito mais fácil do que parece e existem várias formas de se fazer um orçamento.

Vamos mostrar aqui como construir um orçamento simples e funcional, que oferece controle, segurança e, até mesmo, uma possibilidade real de melhoria em sua vida financeira. Esse exercício quebra o gelo e diminui qualquer medo que se tenha sobre falar de dinheiro.

Então, como começamos a melhorar nosso orçamento familiar? Simples, vamos separar nossos gastos e classificá-los em categorias, para então trabalharmos uma forma de otimizar estes gastos.

Você pode montar seu orçamento numa folha, num caderninho, num quadro negro, num bloco de notas, num documento do word, em uma planilha no excel, ou até mesmo em um aplicativo em seu celular. Faça da forma que for mais confortável para você!

Agora que você já decidiu como vai fazer o seu orçamento familiar, chegou a hora de saber quais são seus gastos mensais.

Gastos Essenciais

Os gastos essenciais são aqueles que são necessários para a vida cotidiana e o bem estar. São eles que garantem o acesso ao nível mínimo de conforto que sua família precisa.

Veja na lista abaixo alguns gastos essenciais a serem contabilizados:

  • Aluguel

  • Financiamento de Imóvel

  • Alimentação

  • Luz

  • Água

  • Educação

  • Plano de Saúde

  • Condomínio

  • Gás

Agora que você já sabe quais são seus gastos, é só coletar os valores de cada um e somá-los. Dessa forma, você obtém o total de seus custos essenciais e pode começar a pensar em como reduzi-los.

Gastos Supérfluos

Gastos supérfluos não são tão necessários ao cotidiano da família e, por isso, podem ser mais facilmente reduzidos, cortados ou remanejados. Por outro lado, os custos supérfluos costumam definir o patamar de vida da sua família: cortá-los pode gerar brigas e atritos dentro de casa. Assim, é importante, antes de tudo, conversar com todos.

Lista de gastos supérfluos a serem calculados:

  • Internet

  • Telefone

  • TV a Cabo

  • Celular

  • Cartão de Crédito

  • Automóvel

  • Compras

  • Lazer

  • Viagens

Com os gastos supérfluos listados e calculados dentro do seu orçamento familiar, é hora de pensar de forma criativa em como fazer para cortar custos ou obter mais deste orçamento.

"Como fazer o dinheiro da família render mais?"

Chegamos na parte deliciosa disso tudo, o objetivo final: otimizar os gastos de forma inteligente e fazer o seu dinheiro render mais. Em seguida, é hora de fazer acontecer a melhoria real na vida da sua família.

Para facilitar a compreensão da ideia e a execução do exercício, podemos dividir a otimização de gastos em 3 tipos:

Corte de Gastos

É quando você para totalmente de consumir um determinado bem e, assim, para de pagar por isso. Podemos citar, por exemplo, vender seu carro. Essa venda faz cessar o gasto com combustível, manutenção e impostos. Além disso, dá para pensar em parar de fumar (o que faz bem à saúde e evita um gasto enorme), cancelar planos de TV ou cancelar a viagem de férias.

Redução de Custos

Acontece quando você diminui gastos efetuados com um determinado tipo de consumo, principalmente os recorrentes. Entram aqui a diminuição da conta de luz, gastos com cartão de crédito, trocar a TV à Cabo por Netflix, reduzir seu plano de internet e até simplesmente pagar todas as contas em dia e zerar a cobrança de juros por atraso.

Mudar de bem de consumo

Trocar o bem de consumo é uma excelente prática pois costuma possibilitar uma redução alta no custo do orçamento familiar mensal de forma bastante rápida. Essa substituição significa que você para de consumir determinado produto específico para começar a consumir ou contratar outro de menor valor no lugar do anterior. Como exemplos, podemos citar: fazer a mudança de imóvel para pagar um aluguel mais baixo, renegociar dívidas, trocar seu carro por uma moto, efetuar a renegociação e alteração do contrato de financiamento do imóvel ou veículo, ou tirar férias num lugar mais barato.

Após botar tudo no papel para saber quanto está sendo gasto em cada coisa é só colocar em prática para tornar os gastos da sua família mais inteligente, e pronto! Você acabou de gerar uma melhoria real na sua qualidade de vida com um esforço possível.

Na QueroQuitar você tem acordo

As melhores condições para quitar as dívidas. Sempre!

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP