Quero quitar as dívidas - o guia completo


7/8/2021 - Vitória Batista

Dívidas

Quero quitar as dívidas - o guia completo

Você tem perdido noites de sono devido às dívidas em atraso? Fique sabendo que não é o único se preocupando com débitos pendentes. Segundo estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), realizado no início de 2021, dois em cada três brasileiros (66,5% das famílias) estão inadimplentes. Por isso, preparamos um passo a passo sobre como se planejar para quitar as dívidas e deixar as contas em atraso para trás!

Neste post, você vai:

  • Entender o que é um orçamento familiar para poder montar o seu
  • Aprender a organizar os rendimentos e gastos familiares
  • Aprender a otimizar seus ganhos e aumentar sua renda
  • Descobrir como diminuir os custos e negociar contas
  • Se preparar para quitar as dívidas
  • Saber como criar uma reserva de emergência

No fim deste artigo, você será capaz de colocar o plano em ação e conquistar sua liberdade financeira.

Quitar as dívidas pode não ser tão difícil quanto parece!

As dívidas surgem pelos mais variados motivos, desde imprevistos, como o desligamento no trabalho e problemas de saúde, até a falta de planejamento e organização financeira. O cartão de crédito e o cheque especial são grandes vilões nessa narrativa.

Vale lembrar que não conseguir honrar compromissos financeiros nem sempre significa falta de dinheiro. Muitas vezes, surgem por falta de um planejamento financeiro familiar. Ao somar todos os gastos e rendimentos da família, descobrimos o padrão de vida que somos capazes de manter.

Seja qual for o seu caso, você já deve ter se sentido desanimado, como se fosse muito difícil dar um final feliz para essa história. A cada dia que passa, parece que a bola de neve aumenta e as contas se acumulam devido aos juros e multas. No entanto, saiba que até nos casos mais complexos existem caminhos que podem ser percorridos para alcançar soluções capazes de colocar a sua vida financeira em ordem e acabar com todas as dívidas!

Nossa missão é apoiar você no desafio de quitar as dívidas e organizar suas finanças. Veja o guia completo que preparamos para te auxiliar a positivar seu nome.

Como se planejar e quitar as dívidas: do primeiro ao último passo

A maneira mais eficiente de ter uma vida financeira sustentável é criar consciência sobre o dinheiro que entra e sai da sua conta, e para onde ele vai. Se, além disso, for possível também gerar renda extra, diminuir gastos desnecessários e negociar as contas, melhor ainda. Quando você estiver familiarizado com os seus rendimentos e despesas, será mais fácil sobrar dinheiro para saldar os débitos e montar uma reserva de emergência. Veja o passo a passo que preparamos para descomplicar cada etapa:

Monte um orçamento familiar

O orçamento familiar é uma ferramenta simples que tem o potencial de ajudar a organizar as finanças em casa para você poder focar nos seus objetivos – aqui, priorize o pagamento das dívidas. Em poucas palavras, o orçamento familiar é a relação de todas as rendas e despesas da família.

Saber exatamente quais são os seus rendimentos e custos mensais é essencial para estipular o quanto poderá ser gasto na quitação das dívidas. No começo, se organizar pode parecer complicado. Pensando nisso, estruturamos esse processo em 3 passos básicos.

Reúna todos os rendimentos da família

Quais são as fontes de renda de cada membro de sua família que mora em sua casa? Salário? Imóveis? Mesada? Auxílio? Anote tudo o que gera dinheiro e some este total. No final, você terá em mãos a renda da casa. Esse é o primeiro passo para criar um orçamento familiar e ganhar mais controle sobre o seu dinheiro.

Liste todos os gastos da família

Essa é a hora de reunir todos os custos, de A a Z. Ou seja, do aluguel ao material escolar. Tudo o que é essencial e todas as despesas da família entram aqui - algumas das mais comuns são: aluguel, condomínio, IPTU, supermercado, celular, gasolina, impostos, educação, transporte, assinaturas, lazer e extras, como peças de vestuário, por exemplo. Algumas despesas extras não costumam se repetir todos os meses, mas podem aparecer ocasionalmente, portanto, devem ser anotadas.

Outro gasto muito importante a ser considerado, mas que é sempre esquecido ao preencher o orçamento familiar, é a compra a prazo. Afinal, ela compromete o orçamento dos meses seguintes, conforme o número de prestações. Um exemplo: uma compra grande de R$500 feita em janeiro e parcelada em 5 vezes sem juros deve entrar como R$100 em janeiro, fevereiro, março, abril e maio. Também é crucial inserir as dívidas nesse cálculo, porque elas são gastos passados ainda não quitados.

Lembre-se de não comprometer 100% da renda total com as contas, pois é muito importante poupar uma porcentagem dos ganhos todos os meses para a criação de uma reserva financeira.

Escolha uma ferramenta para concentrar todas essas anotações

Pode ser um aplicativo de organização das finanças pessoais, o bloco de notas do celular ou computador, ou até papel e lápis. Mas é essencial que todos da família escolham alguma ferramenta e criem o hábito de anotar os ganhos e gastos, como explicamos nos dois passos acima. Dessa maneira, no fim do mês, será possível estruturar uma planilha para visualizar e controlar as entradas e saídas do orçamento. Veja algumas sugestões que usamos e aprovamos aqui (opens new window). Desenvolva ainda mais sua organização com esse (opens new window) artigo do BV sobre orçamento familiar.

Em suma, some todas as suas receitas do mês, compare com a soma de todas as suas despesas naquele mesmo mês e veja se a diferença está positiva ou negativa. Se o saldo for negativo, devemos tratar isso o mais rapidamente possível, com as dicas a seguir.

Aumente a receita, diminua as despesas e renegocie as contas

Otimizar o dinheiro também é um passo do planejamento para quitar as dívidas. Você já pensou em gerar renda extra, sem sair de casa? Nós criamos uma lista com 10 ideias detalhadas (opens new window) para você começar já e que, somada a essas 5 dicas para cortar gastos (opens new window), pode multiplicar sua receita.

Uma das dicas para diminuir as despesas é renegociar o valor de planos, como internet e telefonia, e cancelar assinaturas que você não tem aproveitado tanto assim. Gastos desnecessários precisam ser cortados, assim, você conseguirá poupar todos os meses para pagar a dívida renegociada.

Cortar despesas da família gera desconforto, mas precisa ser feito. Seja firme neste ponto e corte tudo que puder. Muitos dos gastos que temos hoje podem ser cortados. Após um tempo, você e seus familiares não notarão a ausência daquele bem ou serviço. Geralmente, precisamos de pouco para sermos felizes, é sobre como enxergamos a vida.

Compreenda seus limites

Uma vida financeira insustentável pode ser a origem de contas atrasadas e o que te impede de quitar os débitos. Não tenha despesas que ultrapassem seus rendimentos. Da mesma forma, quando buscar planos de negociação para quitar as dívidas, respeite seus limites e escolha o melhor acordo para você, aquele que cabe no seu bolso.

“Procure não dar passos maiores do que as pernas.”

A QueroQuitar (opens new window) facilita a renegociação de dívidas de forma online, seja oferecendo descontos, o benefício do parcelamento, ou ambos.

Administre o dinheiro que sobrar para quitar as dívidas

Sobrar dinheiro é mais fácil do que administrá-lo depois. Com o orçamento familiar em mãos, é possível dar mais visibilidade no momento de definir prioridades e se segurar para não sair gastando esse valor por aí.

A prioridade, sempre, deve ser quitar as dívidas. Afinal, com os juros e multas, o montante tende a aumentar. Nesse caso, tempo é dinheiro, mesmo. Portanto, se organize e crie uma reserva com o que sobrar no mês para começar a se planejar e deixar as dívidas para trás. Observar a quantia que você consegue poupar mensalmente também pode te auxiliar a entender qual o melhor acordo para você. Esse levantamento será crucial no momento em que você for analisar as condições da empresa credora e negociar e quitar as dívidas.

Monte uma reserva de emergência

A reserva de emergência serve para cobrir imprevistos e despesas sazonais que, inevitavelmente, acontecem. Possuir uma reserva financeira durante a negociação de débitos é importante para que os imprevistos não coloquem em risco a quitação de dívidas, e vice-versa. Mas também é necessária em momentos típicos da vida, pois contribui para uma vida financeira sustentável, com mais qualidade e menos dores de cabeça. Saiba como montar a sua (opens new window).

A solução está nas suas mãos

Localize e negocie dívidas de diversas empresas em um só lugar, sem cobranças invasivas e inconvenientes. Acesse www.queroquitar.com.br/queronegociar (opens new window) e feche acordos com as melhores condições, 100% online e seguro. Aqui, você pode quitar as dívidas de forma justa e amigável.

Aprenda mais

Na QueroQuitar você tem acordo

As melhores condições para quitar as dívidas. Sempre!

QueroRenda

Curta os nossos canais

Uma iniciativa QueroQuitar

Educação financeira é parte fundamental de uma vida tranquila. Pensando nisso, a QueroQuitar está produzindo vídeos e conteúdos para que você tenha mais conhecimento e tome melhores decisões sobre como lidar com seu dinheiro

Inscreva-se para receber nossa Newsletter preencha os campos abaixo.

Conheça nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso. WhatsApp - E-mail: contato@queroquitar.com.br
Copyright ©2015-2020 www.queroquitar.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Todo o conteúdo do site, todas as fotos, imagens, logotipos, marcas, dizeres, som, software, conjunto imagem, layout, aqui veiculados são de propriedade exclusiva da QueroQuitar S.A. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, de qualquer elemento de identidade, sem expressa autorização. A violação de qualquer direito mencionado implicará na responsabilização cível e criminal nos termos da Lei. Respeitamos todos os itens que nos cabe previstos na LEI Nº 12.965, DE 23 DE ABRIL DE 2014. E o DECRETO Nº 8.771, DE 11 DE MAIO DE 2016 QueroQuitar S.A - CNPJ: 54.042.668/0001-20 - R. Bahia, 843 - Higienópolis - CEP: 01244-001 - São Paulo - SP